segunda-feira, setembro 25, 2006

Gostaria de vos informar...

... que agora já só somos 3.

E para além do meu trabalho... fui despromovido a secretária (salvo seja) do chefe.

É por estas e por outras que reforço a minha opinião que este programa é muito mais direccionado ao crescimento pessoal, que ao profissional.

Aqui há algum tempo alguém me perguntou como poderia ser indiferente a Nova Iorque. E outros há que me perguntam como posso fazer tão pouco por cá.
Ora bem... isto é completamente diferente de Erasmus. Por aqui trabalha-se e para além disso há um importante elemento em ter em conta. Eu não trabalho na Cidade. Gasto por dia cerca de 2 horas e meia em comboio, autocarro e a butantes. De resto, e ao contrário do que digo ao Icep, não faço 8 horas de trabalho diário, mas faço em média 8,5 horas. Porquê? Porque o trabalho assim o exige.

E pq não sais à noite? Pq não vais a um bar?
Ir a um bar decente implica passar mais uma hora enfiado no metro. Sim, apesar de haver metro 24h/dia não quer dizer que a frequência aumente com o decorrer do dia. (E quem não tiver percebido... tivesse.)

E nos fds? Pronto... aos fds, qdo cá estou, tento aproveitar para fazer aquilo que tenho para fazer.

Ou seja... não vejo cinema segundas à tarde no Bryant Park, não fui ver teatro ao parque e de semana nunca vou a tempo da happy hour.

Se estou chateado com isso? Sim e não. A minha experiência tem tido outras vertentes. O Pinto dos Santos tinha razão... estou a redescobrir-me. Estou a evoluir.

E mais que nunca... sei o que quero.

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Sei exactamente do que estás a falar!!!

Porque será?

Carolina

PS - Afinal o que é que queres?

1:12 da tarde  
Blogger Einherjar said...

A pergunta dourada...

Podia fazer uma lista do que quero e nao quero. Mas saber o que se quer e' bem mais que isso. E' parte integrante do meu processo evolutivo. E' parte da minha personalidade.

Resumindo... Se a pergunta e' dirigida ao que 'postei' esta' respondida.

3:51 da tarde  
Anonymous ines said...

Nuno,

Como tu passo horas em transportes públicos, como tu trabalho muito mais do que escrevo nas horas do ICEP (sair depois das 9 da noite, ou mesmo das 11...já anconteceu), como tu vivo numa (grande) cidade grande.

Sinceramente tenho um conselho para ti: tenta, faz um esforço, por aproveitar os filmes no parque; ir a um bar e, sim, ficar a pensar como vais comer o resto mês; aproveitar os espectáculos, os museus, não sabes se vais viver mais vezes em NY...

Sei que isto não é ERASMUS, que o tempo não é o mesmo, apesar do dinheiro ser parecido (é escasso mesmo muito escasso). Mas vive a experiencia aproveitando tudo... é mesmo uma grande oportunidade!

Inês - PARIS

5:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home